Por Márcia Martins

Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa busca por em prática e legalizar a educação domiciliar para crianças e adolescentes no Estado de Mato Grosso.  A prática é conhecida mundialmente como “homeschooling” já é uma realidade no país e tem encontrado cada vez mais adeptos desse sistema, sendo ele uma alternativa à escolaridade tradicional que possibilita aos pais e responsáveis educarem os filhos em casa.

Segundo a Associação Nacional de Ensino Domiciliar (ANED), no Brasil, pelo menos 7.500 famílias são adeptas da educação domiciliar, com cerca de 15.000 crianças e adolescentes educadas em casa.

Para o deputado Romoaldo Júnior (MDB), a propositura irá facilitar principalmente a vida de famílias cujos filhos possuem alguma necessidade específica. "Temos pessoas com problemas de saúde que muitas vezes na escola não encontram a devida acomodação para aprender, e em casa recebem educação de qualidade," disse o deputado ao argumentar que as pessoas precisam buscar mais informações sobre o assunto.
“Temos que garantir a igualdade de condições e direitos entre os estudantes na educação escolar e na educação domiciliar”, defendeu o autor do Projeto de Lei n° 1202/2019 que está em pauta no Legislativo.

Mais informações 

Assessoria de Imprensa de Gabinete
(65) 3313-6382